Cefapro
Av. José Rodrigues do Prado, nº 96, Cohab Nova, Cuiabá, MT
CEP 78025-413
Usuário - faça seu login ou cadastre-se aqui.
Data de nascimento
CPF


23/04/2013

 Cerca de 350 alunos da Escola Estadual Padre João Panarotto, localizada no CPA 

IV, em Cuiabá participaram nesta segunda-feira (22.04) de um bate papo sobre combate e prevenção a violência juvenil. A atividade integra as ações do Programa Rede Digital pela Paz desenvolvido pela Polícia Judiciária Civil (PJC), em parceria com a Secretaria de Estado de Educação (Seduc).

“É responsabilidade de todos nós educadores, alunos e Polícia debatermos em conjunto a questão da violência, suas causas e métodos de prevenção” destacou a superintendente de Formação da Seduc e autora do programa, Aldina Cássia da Silva. Em sua fala ela pediu para os estudantes adicionarem o Rede Digital no facebook, para discutirem online, com colegas e professores, a temática da violência.

Durante o bate papo os alunos puderam debater com os representantes da PJC 

temas como Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) e as situações de vulnerabilidade de muitos jovens. A estudante Paula Renier, 16, que cursa o 3º ano do Ensino Médio citou que desde que a Escola deu início as ações do Rede Digital houve registros de melhora no comportamento de alguns colegas.

“Conheço alunos que tinham contato com drogas, mas que mudaram de atitude após participarem das palestras. Em uma das primeiras apresentações realizadas ano passado, os representantes da Polícia apresentaram um vídeo mostrando as conseqüências do consumo. Foi algo chocante, mas que contribuiu para a mudança de comportamento”, ressaltou.

O Rede Digital foi lançado em setembro de 2012 e já promoveu atividades em 13 unidades de ensino de Cuiabá e Várzea Grande. A gerente do Programa, Antonia Ustulin explicou que todas as comunidades podem debater o tema nas reuniões ampliadas da escola e nas palestras promovidas pela PJC. Os alunos também podem trabalhar em sala de aula e no laboratório de informática com a utilização do softwer HQ.

“Trata-se de um gibi digital de histórias em quadrinhos onde os alunos podem aprender sobre as causas da violência e trabalhar a promoção da paz”, disse Antonia. O bate papo na Escola Panarotto contou ainda com a participação do juiz da 2º Vara da Infância e Adolescência, Antonio Peleja Junior, do delegado Sebastião Finotto e do diretor do Centro de Formação e Atualização dos Profissionais da Educação Básica (Cefapro) da capital, Ezemar Mourão da Silva.


(65) 3637-1037

Av. José Rodrigues do Prado, nº 96,
Cohab Nova, Cuiabá, MT
CEP 78025-413

Cefapro